“Como comprar com segurança no supermercado durante o coronavírus”

comprar em segurança no supermercado

comprar em segurança no supermercado na pandemia

Conteúdo extraído do artigo publicado no The Telegraph – Autor: Alice Hall e Katie Morley – 25/04/2020

Goste ou não, há uma atividade essencial que poucos de nós podemos evitar durante o isolamento social: o supermercado. Com o isolamento, uma ida de rotina ao supermercado pode deixar as pessoas ansiosas.

Mas quão assustados deveríamos realmente estar? Especialistas falam sobre como comprar com segurança durante o coronavírus e as etapas que você pode seguir para minimizar o risco de infecção.

 Quais são os riscos de ir ao supermercado?  Você deve tomar precauções ao ir ao supermercado durante o coronavírus, como em saídas para qualquer local público.

“Durante o distanciamento social, o supermercado será o local onde encontraremos um maior número de pessoas. Portanto, existe o risco de entrar em contato com alguém infectado”, diz Lena Ciric, microbiologista da University College London. “No entanto, o risco deve ser relativamente baixo, pois quem tem a infecção deve se auto-isolar e não sair para lugares públicos”.

Estudos mostram quanto tempo o vírus pode permanecer estável em diferentes tipos de superfícies:

  • detectável em cobre por até quatro horas,
  • em papelão por até 24 horas,
  • em plástico e aço por até 72 horas. 

Isso significa que o vírus pode viver nas embalagens das compras.

Porém, a quantidade de vírus diminui rapidamente ao longo do tempo em cada uma dessas superfícies, o que significa que o risco de infecção ao tocá-las provavelmente também diminui.

Segundo Lawrence Young, professor da Faculdade de Medicina de Warwick, embora saibamos quanto tempo o vírus pode permanecer na superfície, “não sabemos a quantidade de vírus que precisamos tocar para sermos infectados”.

Um risco muito maior do que ir ao supermercado está na interação com as pessoas. O professor Young diz que a transmissão pessoa a pessoa é muito mais provável do que o vírus infectar alguém a partir de uma superfície.

 “A grande maioria das infecções vem do contato com alguém que está realmente infectado e da inalação das gotículas”, diz Young. “Essas gotículas são espalhadas tossindo, espirrando ou mesmo falando, e são bastante grandes. Esse é de longe o caminho mais eficaz, eficiente e perigoso pela qual as pessoas estão sendo infectadas”.

 Onde estão os pontos de contato com o vírus no supermercado?

Segundo Young, os pontos principais são os locais manuseados significativamente por qualquer outra pessoa”: a barra do carrinho, a alça do cesto, portas de resfrigeradores,  checkout, botões da máquina do cartão.  

Que precauções tomar no supermercado?

É importante que a barra do carrinho ou a alça do cesto sejam limpos com um pano com álcool antes de tocá-lo. 

Lave as mãos ou use álcool gel depois de terminar as compras.

Certifique-se de não tocar seu rosto enquanto estiver na loja.

“Os botões do elevador também são uma superfície de alto contato. Portanto, higienize as mãos depois de usá-los.

 Devo usar uma máscara?

É importante lembrar que as algumas pessoas que têm coronavírus podem ser assintomáticas, o que significa que não apresentam sintomas.

Embora no caso do covid-19 uma máscara provavelmente não o proteja de ser infectado, ela pode reduzir o risco de transmissão para os outros se você estiver infectado. 

Se você espirrar ou tossir durante as compras, o vírus vai para a máscara reduzindo a quantidade espalhada no ar ao seu redor. Ele não irá para superfícies, nem para outras pessoas. A máscara reduz a fonte da infecção, diz Dr. Young.

A máscara também tem um benefício psicológico e algumas pessoas se sentem mais seguras e mais responsáveis.

 Devo desinfetar minhas compras quando chegar em casa?

“O risco de você ser infectado através das embalagens dos mantimentos em sua casa é muito pequeno”, diz o professor Young. 

– “Você precisa adotar uma estratégia apropriada. Desempacote as compras e lave as mãos. Eu não acho que você pode fazer muito mais do que isso.”

Ele também aconselha nomear uma pessoa na casa para fazer as compras. Isso minimiza o risco de transmissão e significa que eles estarão familiarizados com as medidas de distanciamento social em vigor.

Leia o artigo na íntegra (em inglês): https://www.telegraph.co.uk/health-fitness/body/shop-safely-supermarket-coronavirus/ – Imagem: Davgood Kirshot, Pixabay.